quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Maria Emilia B. Teixeira


Sem a Tua presença em minha vida nesse mundo às avessas, eu jamais estaria presente de fato aqui nessa minha história.

Maria Emilia B. Teixeira


Optei por não usar roupas ou qualquer outro apetrecho em meu coração.
Prefiro sentir verdades... intensidades.
Sentir o calor humano de quem se aproxima por empatia e sabe solidarizar.
Sentir o carinho e a atenção de quem diz se importar.
Sentir a bondade e a maldade, e ter a certeza que entre esses dois extremos, a fé dissipa o mal.
Sentir a frieza e saber proteger a alma com mansidão, sem revidar, pois o revide só é válido se for para trazer paz e imparcialidade.
Sentindo a vida, sentindo pessoas e suas intenções.
Meu coração não usa roupas porque o seu pano de fundo... É a alma.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Maria Emilia B. Teixeira


Você sabe que é grande quando da à chance ao outro para aprender a ser bom apesar do seu sacrifício e espera.

Maria Emilia B. Teixeira


É tão bom saber que existe um Deus protetor e que olha bonito e perfeito para você, enquanto existem outros olhares deficientes  que não sabem ver além da sua própria inveja.
 

domingo, 3 de dezembro de 2017

Maria Emilia B. Teixeira


Quem gosta e respeita a gente de verdade, não tenta  chacoalhar nosso ser como se fossemos um recipiente para tentar mudar nossas certezas, manias e convicções de lugar.
 

Maria Emilia B. Teixeira


Cada pessoa tem uma história só sua para ser vivida, algo a se cumprir e ninguém pode intervir.
Ela não precisa fazer sentido ou ter lógica humana para quem observa ou pensa que pode a Ele questionar.
Essa mudança de vida, somente fará sentido para os envolvidos e para quem abençoou.
A vida não da voltas, ela segue na linha reta somente traçada por Deus.